terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Ilustração Não!

Quando me perguntam o que é que eu faço e eu tento explicar, muitas vezes concluem “Ah, você é um ilustrador!?” E instintivamente sai-me do fundo da alma um “NÃÃÃOOOO, NÃO, NÃO, por favor, não me confunda com essa gente!”
“Ilustrador” é uma palavra que mexe com o meu sistema sensorial. Dizerem-me “Olá, eu sou um ilustrador” está ao nível de um “Olá, eu sou um manequim”. E ao dizerem-me “Olá, eu sou um manequim” estão-me a dizer “Olá, eu sou muito giro, tenho uma cara laroca, tenho imenso jeito para passear na passerelle, mas a minha cabeça é um open space sem mobília”. E quando me dizem “Olá, eu sou um ilustrador” estão-me a dizer “Olá, eu tenho imenso jeito para desenhar e para fazer colagens mas não consigo inventar uma história sozinho, preciso que alguém a escreva por mim”
Por outro lado a palavra “ilustradora” já é muito mais agradável aos ouvidos. E há por aí, espalhadas pelo país, ou talvez concentradas em Lisboa (não faço ideia) ilustradoras muito boas!

Se tivesse de escolher entre ser um bom desenhador ou ser um bom contador de histórias escolheria de caras a segunda hipótese.
Se fosse uma pessoa coerente e funcionasse de acordo com as minhas convicções, não teria aceite fazer estas ilustrações que aqui apresento. Basicamente sou um pesetero como o Luís Figo.

Atenção, não tenho nenhum sentimento de xenofobia em relação aos ilustradores e até gostei desta experiência temporária. Mas a minha ordem de preferência é a banda desenhada em primeiro lugar destacadíssima, a seguir o cartoon, depois a caricatura e lá bem atrás a ilustração!

Estas ilustrações foram feitas para a revista MAGAZINE-GRANDE INFORMAÇÃO, para as “Entrevistas do outro mundo” escritas pelo Nuno Ary. São entrevistas imaginárias a figuras do Além. Primeiro foi o D. Afonso Henriques, seguiu-se o Marquês de Pombal, depois o Platão, a Padeira de Aljubarrota , o Adão e finalmente o Miguel de Vasconcelos.

O Saramago e o Louçã ainda não são figuras do Além, mas como estavam referenciados nos comentários dos entrevistados aproveitei para os “ilustrar”. Por cada entrevista tinha de fazer 3 bonecos.
Já que vamos ilustrar dá sempre jeito identificarmo-nos com o sentido de humor de quem escreve. Foi o caso.
Fecho aqui este assunto com esta ilustração que fiz para a mesma revista mas para outro tema: “Predadores Africanos”.

15 comentários:

Pedro disse...

BD... cartoon... caricatura... ... ilustração... quero lá saber. São fantásticos!

afonso disse...

Mas o nome comercial do Arco da Velha é Design e ILUSTRAÇÃO e quem faz ilustração é um ilustrador. Afinal quem faz as ilustrações no Arco da Velha? Quando eu estava lá, sem quem era...

Eva disse...

Eu não acho graça à referência às ilustradoras! Então um homem ilustrador, coitado, é porque não pensa pela própria cabeça; já as mulheres, não se espera muito delas, por isso deixem-nas ser ilustradoras, que queridas. As ilustrações são fantásticas, mas das opiniões, discordo...

JOBA disse...

Confesso que me deixaste confuso com essa tua retórica da "ilustração".
Mas ri a bom rir. O texto está bem escrito e o ilustrador que o ilustrou fez bem o seu trabalho.
:-)
Tal como na ilustração também há na caricatura artistas sem idéias próprias que ilustram pensando que estão caricaturando.
;-)
Prometo que de hoje em diante vou dizer que sou um "ilustrador" que só ilustra o que lhe vai na mente e na alma.
Abraços
JOBA

Becosoide disse...

O ARTISTA ESTÁ EM GRANDE FORMA
Fonix da Silva Maira !!!!

Maria de Fátima Oliveira disse...

Subscrevo inteiramente o comentário da Eva. Tenho acompanhado o seu blog, gosto do seu trabalho apesar de o achar um pouco naif. É o meu primeiro comentário e infelizmente não é para o elogiar. A referência "às ilustradoras" é um comentário machista e de mau gosto. Mesmo que tenha sido em tom cómico fica sempre mal.

MFO

|R|eject disse...

De facto não entendo , deve ser por ser mulher.

,,fez-nos uma mailing list para nos mostrar umas ilustrações feitas por si , e um texto a tentar querer ser engraçado.
comparar os ilustradores a manequins que foram amestrados para fazer uma coisa gira-tipo- desenhar, ah, mas coitadinhos precisam de uma master mind para escrever para ele...
mas claro se for uma mulher já aceitável, uma mulher não é suposto saber escrever, já é suposto
ter outros a pensar por ela....
isto não é engraçado, e nem chega a ser ofensivo,Pedro, é deprimente.

A WILSON disse...

Pedro boa resposta, a essência é o que nos dá a ver, o resto... é retórica!! Comentários sexistas ou melhor feministas ... afinal para algumas não dá muito jeito estarmos no sec. XXI...

Máscaras de Neve disse...

Uiii, agora é que isto aqueceu... já fazia falta alguma polémica.
Bloguista que se preze tem a caixa cheia de insultos!
Ou seja, com este post o teu blog passa a ser + completo, por isso só podes estar de Paarbéns!...
(by the way, os desenhos estão óptimos).

Mariana disse...

Blog sem polémica e sem comentários que não têm nada a ver com os posts não é blog que se apresente!

Desconhecia por competo esse teu horror à ilustração.

Anónimo disse...

Limitei-me a dar uma opinião sobre as minhas preferências artísticas onde destaco a banda desenhada (que nunca fiz) e um menor interesse pela ilustração. Não queria ferir susceptibilidades. O meu erro foi ter juntado mails de mails que me mandaram onde fui fazendo uma base de dados com mails de pessoas que não faço ideia quem são e que juntei todos numa pastinha a quem resolvi divulgar este meu blogue!
Não tenho nenhum horror à ilustração e quero que todos os ilustradores e todas as ilustradoras sejam muito felizes.
E muito menos tenho menosprezo pelas mulheres, antes pelo contrário. Gosto de lhes dar umas boas palmadinhas e uns biscoitos quando se portam bem!

PRF - Traços Gerais

aspirante a ilustradora disse...

Mas o que é isso ser ilustrador(a)? é dar lustro? eu até queria ser ilustradora mas agora percebi que é uma profissão perigosa. Não quero ser insultada nem provocar polémicas

Lili disse...

auf, auf! Béu, béu! Vivás mulheres, pois então! Quer sejam ilustradoras ou freiras carmelitas... E agora é que vão ser elas!!

Nelson Santos disse...

Epá quero-te dar os parabens pelo artigo, disseste tudo e estou perfeitamente de acordo contigo quando se vê nas nossas revistas ilustrações que não passam de foto-manipulações algo está mal no reino da Ilustração em Portugal.

Anónimo disse...

Não posso estar mais de acordo com o Autor. As verdades têm que ser ditas. Aliás, a ligação entre a homosexualidade e a ilustração, é uma realidade, que não pode nem deve ser escondida.

Carlos Pavão