segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Vários 2018

Aproveito o último dia de 2018 para fazer um post aqui no meu blog, com o balanço do ano em "Traços Gerais".
Em primeiro lugar destaco o facto de ter voltado a publicar na imprensa, mais concretamente na revista Do It! Agradeço ao seu director, João Alberto Catalão a oportunidade. A caricatura do Bolsonaro e o cartoon do Trump são dois exemplos desta parceria.
Outro motivo de orgulho foi ter recebido esta mensagem: "Venho felicitá-lo pela conquista do 3.º lugar no Prémio Especial de Caricatura Woody Allen, no 20.º PortoCartoon-World Festival". 

Com esta caricatura do Woody Allen quebrei o gelo de um prémio que perseguia há anos.
Também participei com esta Amália, outra das homenageadas, 
no Prémio Especial Caricatura.
Foram 3 dias muito bem passados no Porto, na companhia de autores top do mundo inteiro, valeu!
Com o The Lisbon Studio, participei no TLS Series Nº 3 - Viagens.
Com uma história, feita a meias com o Nuno Rodrigues. 
Sobre aquela viagem que ninguém quer fazer nunca.
Fomos até Braga (Dileydi Florez, Ricardo Cabral e eu), divulgar o Viagens a convite da livraria Centésima Página.
Também houve sessão de autógrafos na Feira do Livro de Lisboa.
Outro dos highlights do ano foi ter recebido o diploma da Tertúlia de BD de Lisboa na qualidade de convidado especial. Foi uma honra esta distinção e está prometida mais BD para breve! 

O workshop no Museo Bordalo Pinheiro correu muito bem!
A Comic Con idem.
Além de ter feito o cartaz para o filme Parque Mayer...
Também participei na pele de Amarelhe, um caricaturista dos anos 30, com um corte de cabelo à James Cagney.
 Participei em vários eventos de caricatura ao vivo, com a inevitável adaptação à era digital, com os bonecos a serem feitos directamente no ipad. Nesta imagem na companhia do "enorme" Ricardo Galvão.
Foi um ano em cheio, obrigado, obrigado, obrigado... 
que venha um 2019 ainda melhor!!!

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Apresento aqui o novo livro do Sporting, de cartoons, que tive a honra de ilustrar.
São 50 argumentos que arrasam a concorrência e que demonstram porque somos o melhor clube de todos! 
Os textos são do Luís Miguel Pereira.
São 50 mas podiam ser 50.000, o que não faltam são motivos de orgulho para os sportinguistas!
Como por exemplo os recordes batidos pelos nossos atletas.
Ou os números impressionantes dos "5 violinos".
Os Campeonatos de Lisboa conquistados sem espinhas...
Também se fala das melhores bandas do mundo que passaram por Alvalade...
E das milhares de medalhas e canecos que trouxemos para casa.
O Sporting é só o maior clube de Portugal, do Mundo e do Universo!
Os outros dois livros da concorrência também estão janotas, mas o nosso é o mais bonito!

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

TLS a bombar!

Aproveito o embalo do The Lisbon Studio para acordar este blog adormecido, e apresentar as últimas novidades deste grupo de autores, do qual tenho a honra de fazer parte.
  
Em primeiro lugar destaco a exposição “Filhos do Manguito”, organizada em parceria com o Museu Bordalo Pinheiro e comissariada pelo Pedro Moura.
  .
Cada um de nós (membros do TLS), teve de fazer um original, tipo homenagem à obra de Rafael Bordalo Pinheiro e outro original dedicado ao Zé Povinho. 
  
O Zé Povinho está diferente, já não faz manguitos, só quer saber de selfies, redes sociais, facebooks ou instagrams.

Esta exposição inaugurou no dia 29 de Setembro e vai estar no museu até ao dia 6 de Novembro. Recomendo vivamente uma visita!

Outro projecto que está em erupção é o TLS Series, já vamos no segundo volume. Depois do Cidades, que saiu em Maio, apresento-vos o número 2, o Silêncio!

Participei neste livro com uma história de 12 páginas a preto e branco, onde dei vida ao meu alter ego Fobias, que finalmente viu a luz do dia. 
O autor em destaque desta publicação é o Jorge Coelho com uma história a cores de 16 páginas (escrita pelo André Oliveira) mais a capa. Os outros participantes são a Bárbara Lopes, Darsy Fernandes, Filipe Duarte Pina, Marta Teives, Nuno Rodrigues, Paula Bivar de Sousa, Pedro Moura e o Ricardo Cabral.



  Long live The Lisbon Studio! Uns entram, outros saem, mas o espírito é sempre o mesmo.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Complicado

  Livro "Complicado"
Foi complicado, mas já saiu do armário, um livro de desenhos e esboços para a colecção SketchBooks (El Pep, Maio 2016)
“Complicado” resume muita coisa, quase tudo.
Aproveitei o “complicado” para título deste sketchbook.
Fui resgatar e redesenhar bonecos antigos...
... do tempo em a vida era menos complicada.
Assim foi o lançamento do "Complicado", em Beja, no Festival de BD deste ano.
E assim foi na Feira do Livro, autografar um livro complicado.
Filme Complicado!

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

CARETAS SPORTING

Já está à venda, numa livraria perto de si, o livro Caretas do Sporting!
Os textos são do Luís Miguel Pereira e os desenhos são meus, todos meus e de mais ninguém!!!
Foi um projecto que começou em Março e que ocupou muito do meu tempo em 2015.
100 desenhos ao todo entre caricaturas e cartoons. Fui de férias com as caretas atrás, várias noites em branco a desenhar caretas, abdiquei de muitos programas por causa das caretas... basicamente estas caretas destruíram-me a vida!
Mas valeu a pena apesar da minha alma ser pequena! 
Pelo Sporting, tudo!!!
Os nossos eternos rivais Benfica e Porto também lançaram ao mesmo tempo as suas caretas. Os textos são todos do mesmo autor, Luís Miguel Pereira, e os desenhos foram feitos pelo lampião Ricardo Galvão e pelo tripeiro Rui Duarte. A ideia é que cada autor fosse adepto do clube que desenhou. A editora, como sempre, é a Prime Books!
A guerra das caretas está instalada!!! Faço um apelo aos Sportinguistas para participarem nesta batalha, comprem o livro, façamos deste livro mais uma cruzada contra a injustiça e contra o sistema corrupto... juntos conseguiremos mostrar ao universo que somos o maior clube do planeta!!!
Nesta disputa literária temos a vantagem de saber ler.
Com esforço, dedicação e devoção alcançaremos a glória!
Esta Caricatura é do meu avô. 
Foi presidente do Sporting entre 1946-53 e ganhou 7 campeonatos. 
Foi ele o "arquitecto" da equipa dos 5 violinos. 

Viva o Sporting, só eu sei porque não fico em casa, e o Sporting é o nosso grande amor, rapaziada... Saudações Leoninas!!