sábado, 24 de janeiro de 2009

Raphael Bordallo Pinheiro

A empresa de Faianças Artísticas Bordallo Pinheiro, Lda. vai fechar?! Parece que sim! Se fosse um banco era o fechavas! Agora como é só uma fábrica de cerâmica, (por sinal um estandarte da nossa cultura, uma referência das artes decorativas portuguesas, uma marca viva da nossa identidade) fecha-se!

Mais vale acabarmos, de uma vez por todas, com todos ícones da nossa história em vez de assistirmos, impávidos e serenos, a esta morte lenta.

Trocamos o Zé Povinho pelo palhaço da McDonald’s, o Vinho do Porto pela Coca-Cola, o Fado pelo Trash Metal, o Galo de Barcelos pelo Topo Giggio e esquecemos que alguma vez existimos enquanto país.

Aproveitamos esta onda de falências das marcas de Portugal e acabamos também com o Benfica e com FC Porto. Só o Sporting fica imune ao desaparecimento, uma vez que tem um nome mais internacional.

A nossa cultura está pela ruas da amargura. Salvem o Zé Povinho!

Este governo merecia receber como troféu outro tipo de louças, também das Caldas, mas com uma temática um bocado diferente, para ver se ganham vergonha! São todos uma cambada de patifes, biltres, mariolas, iconoclastas, esclavagistas, tecnocratas e antropopitecos! Já que abriram o precedente dos bancos, agora têm obrigação de injectar capital em todas as falências de Portugal.

Quando for a minha vez de falir, também vou lá pedir a minha parte. Têm de cobrir a minha incompetência da mesma maneira que cobriram a dos parasitas, velhacos, crápulas, poltrões, corsários, timoratos, necrófagos dos banqueiros.
Estes dois desenhos foram publicados agora em Janeiro de 2009 no suplemento humorítico Bronkit do jornal Trevim que a FECO PORTUGAL - Associação de Cartoonistas conseguiu ressuscitar passados uns anos. Já está a dar frutos esta associação da qual sou orgulhosamente sócio. Eu já tinha colaborado com esta publicação entre 2001 e 2004 antes de ter sido suspensa. Se quiserem saber mais sobre o Bronkit vão a http://www.humorgrafe.blogspot.com

A caricatura do Raphael Bordallo Pinheiro foi feita agora, propositadamente para o Bronkit. A do Fernando Pessoa e do Zé Povinho já é mais antiga mas adaptei-a ao tema desta publicação. Quando a fiz não estavam a ler o Bronkit mas outra coisa qualquer.

Apesar da mudança abrupta de tema, a sondagem do Bush continua!

3 comentários:

O > comentador do Blog disse...

Muito bom. Grandes desenhos e críticas políticas certeiras e humorizadas!
Abraços!

P disse...

a graça imperou neste post... o ataque aos bancos é fraquinho...

Anónimo disse...

É o melhor
BLOG




O teu primeiro filho